IMPORTADO E DISTRIBUÍDO EXCLUSIVAMENTE:

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

INDICAÇÃO

TERAPIA RESPIRATÓRIA

As doenças respiratórias, nas quais existe certo grau de dificuldade em respirar são as principais indicações para utilização das terapias respiratórias.  A dificuldade respiratória pode ser causada por acúmulo de secreção e/ou por comprometimento pulmonar.

Portanto, a terapia respiratória poderá ser realizada em situações imediatas (ex.: rinite, sinusite) ou de longa duração, em doenças crônicas, tais como asma, bronquite, enfisema, bronquiectasia, fibrose cística, pneumonia, atelectasia, dentre outras.

Os pacientes com doença pulmonar crônica se beneficiam da terapia respiratória tanto para tratamento como para prevenção das complicações, assim como os pacientes acometidos de doenças neuromusculares.

As terapias respiratórias também são utilizadas como prevenção em casos que possa ter complicações pulmonares, tais como em períodos de pós-operatório de cirurgias torácicas ou abdominais.

ÁRVORE DE DECISÃO DO PRODUTO

INDICAÇÕES CLÍNICAS

  • Doença pulmonar obstrutiva crônica
    (DPOC)

  • Asma hipersecretora

  • Distúrbio da depuração mucociliar

  • Pós-operatório de cirurgia
    torácica/abdominal

  • Pneumonia

  • Fibrose cística

  • Bronquiectasia

  • Atelectasia

  • Doença neuromuscular

SINAIS E SINTOMAS

  • Produção de muco

  • Comprometimento das trocas gasosas pulmonares 

  • Atelectasia/Perda de capacidade
    residual funcional (CRF)

  • Infiltrados pulmonares

  • Ruídos adventícios pulmonares

AVALIAÇÃO DO RESULTADO

  • Prevenção da retenção de secreção

  • Reversão da retenção de secreção

  • Prevenção da atelectasia

  • Reversão da atelectasia

  • Resposta subjetiva à terapia

  • Melhora nos sinais e sintomas